segunda-feira

Let's Sing!

Resolvi aproveitar a deixa da Española em seu último post, para falar um pouco mais sobre uma banda pouco conhecida, mas a minha favorita - She & Him e uma cantora que amo - Lady Linn.
She & Him: uma volta retrô ao pop romântico e ao folk.


 É isso aí. Nada de Taylor Swift, Colbie Caillat ou Billy Joel. Hoje o dia - quer dizer, a postagem - é dos meus californianos fofoluchos: Zooey Deschanel (a moça, além de cantar bem e ter rostinho de boneca - morra de inveja daqueles olhos azuis -, é excelente atriz: já atuou em "O Guia Do Mochileiro Das Galáxias", "Quase Famosos", "Fim Dos Tempos" e viveu Summer, a protagonista do romântico "(500) Dias Com Ela" e Matthew Ward (definitivamente, ele é o cara na guitarra - e ainda participa do Bright Eye e Monsters Of Folk). A dupla foi apresentada em um set de filmagens de Portland, Oregon, por Martin Hynes, diretor do filme "The Go-Getter", em que Zooey foi protagonista. Martin pedira aos dois que cantassem um dueto para ser lançado nos créditos do filme. Deschanel, algum tempo depois, enviou suas fitas demos para Ward e... boom! Surgia a minha banda preferida.
As músicas de letras amorosas, ensolaradas, e com a leve inocência perdida que mais lembra um colegial do passado, contam ainda com melodia e ritmo inconfundíveis: é ouvir She & Him e se sentir uma dona de casa dos anos 50/60.
Zooey e Matthew lançaram em 2008 seu primeiro disco, o Volume One. Entre as melhores canções do CD, está o single "Why Do You Let Me Stay Here", que conta com uma batida feliz e letra que remete a um suposto affair divertido, na maioria das vezes marca registrada da dupla: "Why don't you sit right down and make me smile? You make me feel like I am just a child." Clique aqui para assistir ao clipe.
"Sweet Darling" é alegremente apaixonante. Ouça algumas vezes e tente não acompanhar o refrão tão doce quanto o nome da música: "Sweet daling, come hold me, just a little bit longer now". Impossible!
M. Ward, se fizer beicinho eu me apaixono!
"Sentimental Heart" é melancolicamente deliciosa. Sabe de uma coisa? Sempre que ouço penso em NY, o que ainda não faz sentido. "I Was Made For You", que faz dançar loucamente, é a canção perfeita para um baile anos 50. E não há nada melhor que fechar os olhos e ouvir "I Tought I Say Your Face Today"; calma e encantadora, como um passeio de domingo no parque. "This Is Not A Test" é uma das melhores no quesito letra. Falo sério, leia a tradução e depois me conte se seu coraçãozinho não amoleceu. Volume One ainda conta com "Black Hole", "Change Is Hard" e outras canções viciantes. 
Em 2010 veio o segundo álbum, Volume Two (Volume One, Volume Two... capitou?). Embora o primeiro disco tenha mais músicas que eu ame, também sou apaixonada pelo segundo, principalmente por "Riding My Car" (uma das únicas em que M. Ward contribui com os vocais). Oh, Gosh! É ouvir essa música e me sentir em uma lanchonete americana, há sessenta anos atrás, paquerando um rapaz do colégio que está escolhendo uma canção na jukebox... Opa, Garota de Nova York, hora de voltar para o século XXI. Em suma, "Riding My Car" é a trilha sonora para um romance de verão (a própria letra retrata isso). Mesmo sem possuir clipe, resolvi colocar aqui o vídeo com a música porque sou incondicionalmente, absolutamente e irrevogavelmente apaixonada por ela: 
video
"Gonna Get Along Without You Now" não é de autoria da dupla. Foi escrita em 1951 - ahá! - por Milton Kellem e rendeu já rendeu várias versões, como a de She & Him. É claro que eu amo a canção na voz da Zoeey. "You ran around with every girl in town. You didn't even care if it got me down. Uh huh, uhumm, gonna get along without you now." #GirlPower, baby!
"Thieves" tem letra e melodia perfeitas. O clipe, em P&B e meio desbotadinho, dá um ar romanticamente misterioso e melancólico à canção. Clique aqui para conferir.
"In The Sun" é o hit dos hits. Dá vontade de cantar, dançar imitar a coreografia do clipe mais animado da banda, em que Deschanel é a mocinha apaixonada e M. Ward, o bad boy entediado: *Euzinha imitando a piscadela da Zooey aos 2:19 do vídeo*
video
"I'm Gonna Make It Better" leva a uma tranquila caminhada na praia. "Looking fot a letter trace it in the sand, nothing was lost on the way, I couldn't stay holding your hand".
"Me And You" segue a linha: doce e cativante, é aquela música que toca em sua mente quando você vê o garoto dos seus sonhos a alguns metros de distância (não que eu saiba como é essa sensação. Just saying, guys!). "Dig your heels in, little girl, put them to the test. You've got to be kind to yourself... you've got to be kind to yourself." O Volume Two tem ainda "Home" (linda, linda, linda - "California is a great big nation of one. They never knew what wanted 'til it was already gone"), "Brand New Shoes", "Sing", dentre outras. E para fechar o disco com chave de ouro, "Don't Look Back". O clipe foi lançado em janeiro deste ano, mesmo que a música seja do álbum de 2010. O vídeo faz alusão ao American Way Of Life, mentalidade que explodiu na década de 50 e ainda faz-se presente em nossos dias. A coreografia é tão encantadora quanto a de "In The Sun" e a música é uma das mais retrôs da banda. Ouça e me conte se não dá vontade de se jogar num vestido de bolinhas e sair dançando pela casa:
video
E uma novidade: Zooey fará parte da trilha sonora do novo filme do Ursinho Pooh (awn). Participando com três faixas ("Winnie The Pooh", "A Very Important Thing To Do" e "So Long")o álbum com as músicas será lançado em 12 de julho e o longa-metragem, três meses depois (mas nos Esteides, bebê).
Quem virou fã de She & Him depois de tudo o que eu disse, levanta a mão \o/ (espero ver mais mãozinhas levantadas). Clique aqui para visitar o site oficial da minha banda.

Zooey, eu disse para levantar a mão, não o pé!


E agora... Tchan tchan tchan tchan... *insira aqui o som dos tambores* apresento-lhes Lady Linn and Her Magnificent Seven! Assim como She & Him, a cantora belga é dona dessa vibe anos 50 (o que confirma a teoria de que estou vivendo na época errada, droga). As canções são envolvidas em uma mistura magnífica de jazz, pop e soul.
Lady Linn e seus músicos - se liga no jazz, baby!
Lien De Greef (babem pelo nome dela) tornou-se, em 2004, vocalista da banda Bolchi e atualmente também faz parte do grupo de hip-hop Skeemz. Foi também em 2004 que Linn, com mais sete músicos (por isso o "Her Magnificent Seven"), tocou covers de canções de jazz e swing das décadas de 1930 a 1950, durante dois anos. Em 2006 começaram a compor suas próprias canções e em 2008 lançaram o primeiro álbum: Here We Go Again. Em abril de 2009, eram 15 mil cópias vendidas. O disco inclui os maiores sucessos do grupo. E é aí que você se pergunta: onde é que a Garota de Nova York descobriu Lady Linn? Bem, senta que lá vem história. Em 2009, estava preparando um trabalho de inglês para a escola, em que deveria apresentar uma música com coreografia. Adivinha com quem eu estava fazendo o trabalho? Se você pensou em "Española", acertou (é claro que você pensou nisso, hum?). Enquanto decidíamos entre as canções de Aretha Franklin, Regina Spektor e Selena Gomez, fui dormir pensando que nada daria certo (não que eu seja pessimista - ok, só de vez em quando). E quando encostei minha cabeça no travesseiro, decidi ouvir músicas, na esperança de que alguma fosse aparecer do nada para salvar nossa apresentação. Sintonizei em uma rádio enquanto pensava na vida antes de dormir. E foi então que começou uma canção que chamou minha atenção - ritmo, letra e melodia agradáveis. Ajeitei o fone de ouvido, pulei da cama, peguei o pedaço de papel mais próximo e comecei a anotar os trechos que meu inglês de sexta-série me permitia compreender. No dia seguinte, procurei pela música e me apaixonei: "I Don't Wanna Dance", maior sucesso de Linn, ainda é uma das que mais ouço. Me apaixonei pelas músicas e baixei todo o álbum pela internet. Eis o clipe de "I Don't Wanna Dance", minha paixão à primeira ouvida, por assim dizer: *estala os dedinhos ao ritmo da música*



"Here We Go Again", que dá nome ao álbum, é o tipo de canção perfeita para se ouvir antes de dormir e desejar ter doces sonhos. "And we both know what we shouldn't do, but I can't stay away from you. Oh, baby here we go again..."
"Cool Down" é digna de ser ouvida após uma desilusão amorosa. Não que seja animada e faça você sair por aí mostrando seu poder. Pelo contrário, é calma e controlada - exatamente como se deve agir nessas situações ( há, olha só quem fala, uma pirralha de 14 anos!). "One day, darling, I was your first. Your feeling is changed like the clouds in the sky." Clipe aqui.
"Waiting" é a mais romântica de Lady Linn. Ritmo, letra, tudo. Com um toque de tristeza e heartbreak, as notas do piano conduzem a canção. "Even if I know you might never be mine, I love the way you talk to me."
"I Feel Something" é mais animadinha e feliz. Dá vontade de balançar os ombros enquanto a música toca. "I feel something unbelievable, uncontrollable. You think clear skies are heading our way."
"Shopping" é dedicada ao consumismo, yay! Para as loucas que amam gastar seus preciosos dólares nas compras. Paris Hilton feelings. "Only A Glance" tem uma melodia totalmente anos 30/40, que faz você se sentir em um filme do Frank Capra. "That's Alright" é outra #GirlPower! Algo do tipo "alguém me viu chorar, tudo bem, não vou morrer". Assista o clipe right here.
E "Cry Baby" é o mais novo sucesso de Lady Linn and Her Magnificent Seven. "Cry, baby, cry, like true love is out of sight". Canção e clipe estrearam em março deste ano, com a pegada retrô de sempre:


video

Preciso dizer por que amo tanto essa moça e seus sete músicos? Gaga, sai pra lá! A Lady da vez é a Linn.


P.S.: Só para constar, a música escolhida para o trabalho de inglês de 2009 foi Naturally, da... Selena Gomez, diva da Española! Risadas Que Acordam A Vizinhança Inteira (piada interna, LOL)!


The New York Girl loves She & Him, Lady Linn and almost everything of 50's. She has a good taste, doesn't she?

Um comentário:

  1. Mari e Lavi,

    Amei a nova cara do blog ficou muito linda. Isso demonstra o quanto vcs estão ligadas nele. E com isso também nos faz interessar ainda mais em fazer uma visitinha. Gostei também de visualizar os visitantes. Parabéns filhotas queridas!!!!

    ResponderExcluir